geral@igrejalighthouse.com
A passagem bíblica (Mateus 14:22-33) que aborda o facto de Jesus ter andado sobre as águas é bastante conhecida, não só no meio cristão como em todo o mundo. Ficamos, muitas vezes, surpreendidos pela impossibilidade da sua ação: andar sobre as águas. No entanto, quando conhecemos a plenitude da identidade de Cristo, passamos a pensar “É claro que Jesus conseguiu andar sobre as águas, Ele era (e é) o Filho de Deus. Deus capacitou-O para tal”.

Já todos ouvimos a grande frase “O tempo cura tudo”. De facto, o tempo é um bom fator e ajudador para lidarmos com certas situações da nossa vida, mas se nada fizermos para resolver um problema, situação ou dor, o tempo apenas vai cimentar esse mesmo problema, situação ou dor. Pode, momentaneamente, parecer que está a ajudar sem qualquer esforço da nossa parte, mas, mais tarde ou mais cedo, podemos voltar a sentir determinada mágoa, revisitar na nossa mente vezes sem conta o problema que nos causaram ou que causámos, etc.

Muitas vezes, questionamos se estamos a fazer o que Deus tem para nós. Sentimos alguma frustração porque pensamos que temos algo maior para fazer: evangelizar milhares de pessoas, ajudar em determinado país, pregar a palavra de Deus num lugar longínquo... Obviamente que tudo isso é ótimo, mas a vontade de Deus é muito mais simples.