geral@igrejalighthouse.com

Jesus Cristo nunca nos mandou abrir igrejas. Ele nos mandou pregar o evangelho e fazer discípulos dele. Como resultado deste mandamento começam a surgir comunidades de pessoas que se juntavam nas casas e em algumas sinagogas de Judeus convertidos. A primeira grande pregação, após Jesus, foi feita por Pedro na rua e cerca de 3.000 pessoas se converteram.

Assim começou a divulgação do evangelho de Jesus Cristo, nas ruas, nas casas, em algumas sinagogas, os discípulos se multiplicavam todos os dias, não havia bíblias, apenas as antigas escrituras e a pregação dos apóstolos, eles sim, tinha presenciado a tudo, com Jesus, desde o inicio.

Daí que, não havendo o evangelho escrito, mas apenas o falado, os discípulos cresciam no fundamento dos profetas e dos apóstolos, isto é, dos antigos profetas e dos  apóstolos de Jesus Cristo, daquele tempo e não os de hoje.

Efésios 2:20 – “Edificados sobre o fundamento dos apóstolos e dos profetas, de que Jesus Cristo é a principal pedra da esquina”;  Actos 10:43 – “A este dão testemunho todos os profetas, de que todos os que nele crêem receberão o perdão dos pecados pelo seu nome”. O evangelho de Cristo e as cartas dos apóstolos ainda não tinham sido escritos, as pessoas os ouviam e confirmavam com as testemunhas, Paulo chega a referir um bom número de testemunhas de Cristo, cerca de 500 discípulos que tinham andado com o Senhor, muitas dessas palavras com o que os discípulos e os apóstolos pregavam, eles testificavam com as escrituras deixadas pelos profetas antigos. Estou a lembrar-me do Eunuco que lia o profeta Isaías e Filipe, um dos discípulos, evangelista, guiado pelo Espírito Santo explicou ao Eunuco de quem Isaías falava.

Salmos 118:22“ A pedra que os edificadores rejeitaram tornou-se cabeça da esquina”.

Quem é esta pedra, que os antigos mencionam? Esta pedra é Cristo.

A igreja de Cristo não começou com os apóstolos. Ela começou bem antes, Cristo é a pedra da igreja. Quem é a igreja, a igreja é constituída por pessoas, que crêem no evangelho de Jesus Cristo, que há muito é anunciado e crido. Os antigos profetas anunciavam o evangelho, muitos o creram. 

Jesus é o Cordeiro imolado antes da fundação do mundo...a nossa redenção foi primeiro do que a criação, assim sendo, antes de existir o homem, já Deus nos tinha redimido, este é o mistério que poucos crêem, mas que as escrituras já falam há muito. Deixo aqui, algumas passagens para meditar:

O Poder de uma mãe, segundo o evangelho de Cristo!

Paulo na sua primeira carta à igreja de Coríntios, fala da importância da mulher que santifica o seu lar, para que seus filhos não sejam imundos.(I Cor.7:14).

Este é o mais nobre trabalho da mulher, ser mãe que santifica o seu lar. 

Em Génesis 4:17-24, conta a história da descendência de Caim. Como sabem, ele foi o primeiro homicida da história da humanidade, sobre ele, há uma carga “espiritual” de vingança e de ódio. Este Caim teve uma mulher e ela deu à luz Henoch. Este Henoch não é o Henoch da descendência de Seth irmão de Caim, terceiro filho de Adão e Eva. 

Caim construiu uma cidade e colocou o nome de seu filho Henoch, este Henoch gerou um filho de nome Irad, Irad gerou Meujael, Meujael gerou Metusael e Metusael gerou LAMECH. Este LAMECH era um homem mau e foi o primeiro homem que tomou duas mulheres para si. O nome de uma era ADA, e o nome de outra ZILA. 

O texto que vão ler abaixo, foi escrito pelo pastor Caio Fábio.

Subscrevo todas as palavras e creio 100% do que ele escreve sobre a ordem de Melquizedec.

Segue texto na integra (português do Brasil) 

 

"Hoje, entretanto, não sinto a menor obrigação de ser defensivo e explicativo em nada. O que creio, isto falo; e não me explico no meu crer.

Desse modo, a fim de também simplificar ao máximo este texto e fazê-lo também sucinto, apenas descreverei o que creio sobre a Ordem de Melquizedeque, conforme mencionada nas Escrituras.

Melquizedeque aparece do nada, sem antecedentes e sem explicações. Abraão encontra com ele e se verga diante dele, e lhe paga o dízimo de tudo quanto tinha consigo. Melquizedeque abençoa a Abraão. Então, assim como veio, ele vai, sem deixar vestígios.

Mais tarde, séculos depois disto, Melquizedeque aparece nos Salmos, quando, também do nada, se diz que o Senhor jurou que Seu Enviado seria feito Sumo Sacerdote, segundo a Ordem de Melquizedeque. Somente isto e nada mais.

A 4 de Março de 2019 a igreja Lighthouse faz 1 ano, iniciei este projecto com a minha família e com um grupo de amigos, que acreditam que o cristianismo não é, como nos é apresentado na generalidade. 

Eu nunca quis ser responsável por uma igreja, durante anos sempre pensei que poderia ser útil a ajudar outros ministérios e igrejas, entretanto, há cerca de 11 anos atrás, tive uma experiência que mudou a minha vida por completo. Na cidade de Lancaster, PA, EUA, ao visitar uma réplica do tabernáculo de Moisés, fiz uma pergunta ao guia acerca das vestes do sumo sacerdote, pois ele não o tinha mencionado. Tinha aprendido numa escola bíblica que se algum sacerdote entrasse no lugar santo dos santos e se morresse, as pessoas que ficavam de fora poderiam o puxar. Ao qual o guia responde: "essa corda nunca existiu e que também, não existe nenhum registo nas escrituras, que alguma vez um sacerdote tenha morrido no lugar santo dos santos". Eu fiquei petrificado, fui ao carro buscar a minha bíblia e procurei encontrar versículos que apoiassem aquilo que durante anos acreditei, e para meu espanto, não encontrei nada. O guia tinha razão, eu entrei em choque, pois aprendi com professores de institutos bíblicos, escolas bíblicas e pastores de renome mundial, que o sacerdote tinha a tal corda...E fiz uma pergunta a mim mesmo: “Se eu estou enganado neste assunto, em que assuntos mais estarei?”

Esta experiência mexeu muito comigo. A partir desse dia, tomei uma decisão de voltar a ler a bíblia, com muita atenção, sem apoio de mais nenhuma instituição bíblica e nem notas de rodapé, que encontramos em muitas bíblias de estudo, apenas eu e o melhor professor de todos os tempos, o Espírito Santo. 

Desde então, tenho apanhado vários sustos e choques, que colidem com os dogmas da maior parte das igrejas e escolas bíblicas. Passei a ter conflitos internos, no meu coração, as igrejas por onde passei, tinham as suas regras e dogmas, os quais, eram contrárias ao que lia nas escrituras. Podem imaginar, que passei tempos difíceis, até que, tomei a decisão: "Vou iniciar o projecto da igreja Lighthouse".